O filmaço com quase 100% de aprovação que teve suas cenas de sexo censuradas

0

O mais recente filme de Christopher Nolan sobre J. Robert Oppenheimer e o nascimento da bomba atômica está se mostrando um dos filmes de maior sucesso na carreira do roteirista e diretor.

Sucesso Global de Oppenheimer

Oppenheimer recebeu aclamação quase universal em 2023, com uma pontuação de 94% no Rotten Tomatoes.

Os números iniciais foram enormes, com o filme conquistando o maior fim de semana de abertura de Nolan para um filme fora da franquia do Batman.

Impacto na Índia

Oppenheimer recebeu aclamação quase universal em 2023, com uma pontuação de 94% no Rotten Tomatoes.

O filme também foi um grande sucesso na Índia, arrecadando cerca de US$ 3 milhões, em comparação com US$ 1 milhão de Barbie.

No entanto, devido a uma cena específica no filme, críticos na região estão pedindo para que Oppenheimer seja editado ou até mesmo banido.

Controvérsia da Cena de Sexo em Oppenheimer na Índia

Christopher Nolan não é conhecido por suas cenas de sexo. No entanto, Oppenheimer apresenta várias sequências desse tipo, entre o personagem-título J. Robert Oppenheimer (interpretado por Cillian Murphy) e Jean Tatlock (interpretada por Florence Pugh).

Em uma cena, Pugh pega uma cópia do sagrado Bhagavad Gita e pede a Oppenheimer que leia um trecho.

Oppenheimer então pronuncia a famosa citação que proferiu durante um documentário de TV em 1965: “Agora me tornei a morte, o destruidor de mundos”.

A Ofensa Causada pela Cena de Sexo

O Comissário de Informação da Índia, Uday Mahurkar, postou um longo tweet que aborda diretamente Christopher Nolan.

“Isso é um ataque direto às crenças religiosas de um bilhão de hindus tolerantes”, afirma Mahurkar, acrescentando que a cena “parece fazer parte de uma conspiração maior por forças anti-hindus”.

O texto continua: “Acreditamos que, se você remover essa cena e fizer o necessário para conquistar os corações dos hindus, isso ajudará a estabelecer sua credibilidade como um ser humano sensibilizado e ganhará a amizade de bilhões de pessoas boas.

“Pedimos, em nome de um bilhão de hindus e da tradição eterna de vidas sendo transformadas pelo reverenciado Geeta, que faça tudo o que for necessário para preservar a dignidade de seu livro reverenciado e remover essa cena de seu filme em todo o mundo. Se optar por ignorar este apelo, será considerado um ataque deliberado à civilização indiana.”

Até o momento da redação deste artigo, não houve resposta de Christopher Nolan ou da Universal Pictures.

Enquanto Oppenheimer continua sendo exibido nos cinemas indianos sem alterações.

Oppenheimer

LEIA TAMBÉM

Conclusão

A polêmica em torno da cena de sexo em Oppenheimer destaca a sensibilidade cultural e religiosa que pode surgir quando o cinema aborda temas delicados.

Como uma das figuras proeminentes de Hollywood, Christopher Nolan enfrenta agora o desafio de lidar com as críticas e demandas de uma audiência global diversificada.

O desfecho dessa controvérsia pode influenciar não apenas a recepção do filme na Índia, mas também a percepção do diretor e sua obra em escala mundial.

O post O filmaço com quase 100% de aprovação que teve suas cenas de sexo censuradas apareceu primeiro em Tem Alguém Assistindo?.



Postar um comentário

0Comentários

Postar um comentário (0)